O quê você está procurando?
  • /
  • Destaques
  • /
  • Alimentos que te ajudam a pensar melhor!
Alimentos que te ajudam a pensar melhor!

Alimentos que te ajudam a pensar melhor!

Você sabia que refrigerante no café da manhã pode prejudicar a sua capacidade cognitiva? E que a ingestão de verduras, legumes e ovos favorecem o funcionamento da memória? E que Chia e Castanha podem auxiliar na prevenção contra o Alzheimer? Sabia que alguns industrializados podem ter relações diretas com quadros depressivos e que podem alterar os níveis de humor, ansiedade e agressividade?

Geralmente quando escolhemos o que vamos ingerir nem pensamos em quais funções aquele alimento desempenhará em nosso organismo. Nem imaginamos que os alimentos que comemos podem influenciar em nossa capacidade de concentração e até mesmo na disposição.

Há alguns estudos recentes que mostram que os alimentos que ingerimos podem influenciar na maneira como raciocinamos e nos relacionamos com o mundo. Já parou para refletir o quanto isso é sério?

Aquele nervosismo, ansiedade ou tristeza que aparentemente surgiu do nada, pode ser proveniente de um alimento que você comeu no almoço, por exemplo. Que loucura pensar assim, né? Mas diversas pesquisas apontam que a farinha de trigo e o açúcar refinado causam alterações no cérebro que podem levar as pessoas a apresentarem desde a ansiedade até quadros depressivos.

Devemos lembrar que o cérebro é o órgão mais exigente do corpo humano, ou seja, o que possui algumas necessidades dietéticas específicas para um bom funcionamento. Pensando assim, não é de se estranhar que mantê-lo “alimentado” de forma adequada melhora os mecanismos cognitivos.

Uma pesquisa realizada no Reino Unido, pela doutora em nutrição Barbara Stewart-Knox, professora na Universidade de Ulster, mostrou que crianças que iniciavam o dia com bebidas gasosas e industrializados açucarados tinham um desempenho similar à um idoso de 70 anos em testes de atenção e memória. Nesta pesquisa observou-se também que os voluntários que ingeriram alta quantidade de proteína no café da manhã obtiveram melhores resultados em suas atividades diárias.

O famoso ovo, que já foi alvo de grandes polemicas, é o queridinho da vez. Estudos mais recentes indicam que o omelete acompanhado de uma boa salada pode ser uma escolha um tanto inteligente.  O ovo é rico em colina, substância responsável em produzir um neurotransmissor chamado acetilcolina. Baixos níveis desse neurotransmissor (acetilcolina) também estão associados à doença de Alzheimer.

Há estudos que indicam que o aumento da ingestão de alimentos ricos em acetilcolina podem diminuir  o ritmo da perda da memórias relacionada à idade.

Os legumes e verduras também são ingredientes importantíssimos para o bom funcionamento cerebral, uma vez que são ricos em vitaminas.

 

vegetais

 

As vitaminas C e E atuam como neuroprotetoras, por serem antioxidantes. A B12 e o ácido fólico melhoram a memória. A ingestão desses alimentos crus ricos em betacaroteno e outras vitaminas, ajudam a manter os neurônios em bom estado de funcionamento.

As guloseimas altamente processadas, como bolos, biscoitos, pães e massas, que contém ácidos graxos trans, não apenas provocam o acúmulo de gordurinhas indesejáveis… os malefícios causados por estes alimentos vão muito além dos quilinhos a mais. Já há dados divulgados pela Sociedade de Neurociência de que este tipo de alimento interfere diretamente nas funções cerebrais.

Ratos e Camundongos criados a base de junk food tiveram dificuldades para sair de um labirinto e levaram mais tempo para lembrar soluções de problemas que já tinham resolvido anteriormente. Com seres humanos, a ação deste tipo de alimento não é diferente.

Nossos avós tinham razão, comer peixe faz muito bem para a saúde. Por conter o famoso Omega 3. A substância também pode ser encontrada em castanhas. Esse nutriente além de alimentar o sistema cerebral, lubrifica os sistemas cerebrais em desenvolvimento, como também parece ajudar a retardar a instalação de quadros de demência.

Hoje há a opção de suplementar o omega 3 com cápsulas disponíveis no mercado, uma vez que está cada vez mais difícil encontrar peixes de qualidade. Há muitos peixes contaminados com mercúrio, mas falaremos  sobre isso em uma outra oportunidade.

Estudos revelaram que camundongos mais velhos, de uma linhagem genética alterada para desenvolverem a doença de Alzheimer, tiveram 70% menos placas amiloides associadas à doença quando faziam uma dieta rica em DHA (Omega 3).

 

Omega 3

 

Um estudo recente realizado pela UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) revelou que o consumo de sementes de chia e seu óleo, além das propriedades nutritivas, também ajuda na prevenção de Câncer e Alzheimer. Este experimento comprovou a sua ação antioxidante e a capacidade deste alimento em prevenir o envelhecimento precoce das células.

Ao criarmos consciência de que um alimento deve conter muito mais qualidades do que um sabor agradável, passamos a fazer escolhas conscientes que nos levarão à uma melhor qualidade de vida.

Espero que tenha gostado desse Post e que a partir de hoje passamos a ser mais criteriosos com o que levamos à boca!

Estou aqui para te ajudar nessa caminhada!

Um grande beijo e até mais!

 

Renata Barrantes

 

 

 

Você me encontra também nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/blogrenatabarrantes/?ref=settings&qsefr=1

Instagram (@re_barrantes): https://www.instagram.com/re_barrantes/

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Rê Barrantes

Isso deveria ser formal? Pensando bem, acho melhor deixar a formalidade de lado, já quebrando o escopo, afinal é “sobre mim”.

Se fosse para me resumir em uma única frase, eu diria que: OPERO COM INTENSIDADE NO NÍVEL MÁXIMO! Não existe Renata sem exageros! Não sei ser pouco, ser meio termo, maios ou menos, morna, passar desapercebida, pegar leve, fazer muito silêncio.

E exatamente esse jeito de ser, que me fez ir de Farmacêutica à Life Coach, Analista Comportamental, Terapeuta e agora Graduanda em Nutrição. Sem muito espaço para me esboçar, eu só sei ser. Entro de cabeça, faço tudo com amor e paixão.

Essa intensidade toda é uma delícia, mas é também se arriscar! Estar entre Picos e Vales, por falar em vales... acredito que só sai do fundo do poço quem realmente chega nele, então quando é preciso eu vou até lá!

Se cair a gente levanta, foi assim desde sempre... não é mesmo?!?! Nunca vi um bebe caindo e desistindo de andar novamente! Aliás, foram exatamente elas, as quedas, me ensinaram a voar!

Ninguém se cria escolhendo exatamente quem quer ser, comigo não foi diferente. Quando eu percebi, já era exatamente assim... Sonhadora, risada fácil, criativa e uma eterna apaixonada pela vida!

Sejam bem-vindos!

Para agendamentos de sessões, entre em contato através do e-mail:

contato@renatabarrantes.com.br ou Whatsapp (11) 9.5020-8320

O que é Low Carb?
O que é Low Carb?
17 de junho de 2019
Quero emagrecer! Por onde começar?
Quero emagrecer! Por onde começar?
7 de dezembro de 2018
“O que fazer para perder barriga?”
Os benefícios do Óleo Essencial de Alecrim
Sem medo de mudar
Sem medo de mudar
4 de fevereiro de 2018
Renata Barrantes
Renata Barrantes On:
Como começar emagrecer já?
2018-05-09 12:05:33
Avatar
Rayene On:
Como começar emagrecer já?
2018-03-19 13:09:32
Renata Barrantes
Renata Barrantes On:
5 passos para uma alimentação saudável
2018-01-25 12:22:57